Início
Início
23-10-2020

Têm-nos chegado inúmeros pedidos de esclarecimento sobre o aviso de abertura do concurso para apresentação de candidaturas ao Programa Bairros Saudáveis. O Regulamento do Programa foi homologado ministerialmente e entrou em vigor no dia 16 de outubro. No dia 14 de outubro foi aprovada em Conselho de Ministros a resolução que autoriza a despesa no âmbito do Programa Bairros Saudáveis. Aguardamos a publicação desta resolução em Diário da República para publicitar neste site o aviso de abertura do concurso e o link para o formulário da candidatura. As candidaturas serão todas submetidas on-line, o acesso ao formulário de candidatura exige o registo prévio das entidades candidatas e o prazo do concurso é de quatro semanas. Todas as indicações necessárias constarão do aviso de candidatura e do guia de apoio que divulgaremos neste site. Serão também realizadas novas sessões de esclarecimento para explicar o formulário e responder a todas as dúvidas.


22-10-2020

“O que nos move é uma ideia civilizacional: a saúde só é possível se estiver presente em todas as políticas e em todos os territórios”, afirmou ontem Marta Temido, ministra da Saúde, na cerimónia de assinatura do protocolo do Programa Bairros Saudáveis com a Associação Nacional de Freguesias.

Em cima: João Ferrão, António Cardoso Ferreira, Manuela Calheiros, Maria José Casa-Nova e Nélson Dias; em baixo: Ana Drago e João Afonso
15-10-2020

Foi hoje homologada, por despacho ministerial conjunto, a composição do Júri do Programa Bairros Saudáveis, que será presidido por João Ferrão e é constituído por António Cardoso Ferreira, Manuela Calheiros, Maria José Casa-Nova e Nélson Dias, como efectivos, e Ana Drago e João Afonso, como suplentes.

Trata-se de um conjunto de personalidades independentes com vasta experiência em processos de desenvolvimento social e participativos e que terão de avaliar as candidaturas ao Programa Bairros Saudáveis de acordo com os critérios de avaliação previstos no Regulamento.


Lusa, 17-10-2020

A consulta pública do Programa Bairros Saudáveis resultou na identificação de “mais de 820 territórios”, que por serem vulneráveis podem ser “potencialmente elegíveis” para apoio de projetos, avançou esta quinta-feira a coordenadora, Helena Roseta, prevendo uma “avalanche” de candidaturas. Destacando a “energia e vontade” dos cidadãos na participação do Programa Bairros Saudáveis, a arquiteta considerou que “faltam programas como este, faltam programas mais simples, mais acessíveis e mais rápidos”.

Entre 15 e 27 de setembro, passou-se de 127 a 820 territórios identificados pelos cidadãos
Luísa Pinto, Público, 29-09-2020

Nas quase três semanas em que esteve em consulta pública o projecto de regulamento do programa Bairros Saudáveis - com que o Governo mandatou uma equipa multidisciplinar coordenada por Helena Roseta para resolver problemas urgentes das comunidades, destapados pela pandemia de covid-19 - deram entrada 750 contributos e foram identificados 820 territórios com potencial de intervenção em 140 concelhos de todo o continente - as regiões autónomas estão excluídas do programa.


Agenda