Início
Início
Quem avalia
17-12-2020

Tendo em conta os critérios de avaliação das candidaturas e desempate das pontuações previstos no artigo 23.º e no n.º 3 do artigo 24.º do regulamento, o júri aprovou, em 14. 12. 2020, subcritérios de avaliação, cuja descrição exaustiva pode descarregar em baixo. Foram também aprovados os critérios de desempate no ordenamento da lista.


15-10-2020

Quem avalia os projetos é um júri independente, com base nos seguintes critérios, definidos no artigo 23.º do Regulamento do Programa:

  • Pertinência do projeto e dos resultados esperados, face aos objetivos do Programa e ao diagnóstico apresentado, com uma pontuação de 0 a 25;
  • Participação dos moradores e da comunidade local na construção da candidatura e no desenvolvimento previsto do projeto, com uma pontuação de 0 a 25;
  • Qualidade da candidatura, em termos de coerência, consistência e exequibilidade do projeto, com uma pontuação de 0 a 25;
  • Originalidade e potencial inovador do projeto, com uma pontuação de 0 a 10;
  • Potencial de continuidade e sustentabilidade, nas suas diferentes dimensões, dos resultados do projeto e/ou de alavancagem de novas iniciativas, com uma pontuação de 0 a 10;
  • Envolvimento dos serviços ou autoridades de saúde locais no desenvolvimento previsto do projeto, com uma majoração de 5 pontos.

A cada critério irá ser atribuída uma pontuação e a avaliação do júri resulta da soma final de todas as pontuações.


Critério de desempate

Em caso de empate na pontuação, e de acordo com o n.º 3 do artigo 24.º do Regulamento, o júri dará prioridade no ordenamento da lista ao projeto que contribua para assegurar maior diversidade territorial e regional na afetação de verbas do Programa,